Amigos de Mauá

 

Súmula n# 025


www.amigosdemaua.net - 11 de maio de 2013
Envie seu comentário sobre qualquer tema abaixo para amigosdemaua.net@gmail.com , que será publicado


Turismo Sustentável
Moradores locais terão desconto na taxa de visitação para o Parque Nacional de Itatiaia e cachoeiras 
O Parque Nacional do Itatiaia estabeleceu o DESCONTO ENTORNO de 90% para moradores dos municípios de Resende e Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro e Itamonte e Bocaina de Minas no Estado de Minas Gerais.
Cientistas na revista Science pedem proteção para a Serra da Mantiqueira
A revista Science é uma das mais importantes e prestigiosas publicações científicas do mundo. Agora em abril publicou que a Serra da Mantiqueira tem para a macroregião Rio-São Paulo a mesma importância que as montanhas Adirondack têm para a sustentabilidade da cidade de Nova York.
Turistas poderão levar souvenir ecológico da primeira "estrada-parque" fluminense
A exemplo das pedras da Lua, dos pedaços do Muro de Berlim, e dos fragmentos de meteoritos, cresce o interesse dos turistas mais "antenados" por destroços autênticos do asfalto ecológico empregado na RJ-163, embora seu valor esteja depreciado pela oferta crescente do "produto" fartamente disponibilizado pelo DER-RJ graças às generosas verbas do PRODETUR e do BID
Pavimentação das rodovias RJ-163 e RJ-151
A 'marcha da insensatez' avança agora pela RJ-151 rumo a Maringá  
Iniciadas as obras em fevereiro, ainda no período chuvoso 2012/2013, foram grandes as dificuldades vividas por moradores e operários da IPÊ Engenharia. Novamente vão se repetindo o alargamento e os cortes temerários ocorridos na RJ-163 e que prometem desbarrancamentos e voçorocas crescentes no futuro, como vemos nos trechos mais antigos da estrada, entre a Serrinha e Penedo.O governo promete um asfalto-borracha que dura 20 anos; vamos ver... A opção de usar bloquetes, apesar de suas vantagens paisagísticas, ambientais, turísticas e de segurança - e do apoio da maioria dos moradores e empresários locais - foi derrotada pelo imeidatismo típico de nossos governantes e demais aproveitadores.
Desabamentos nas encostas desfiguram a "estrada-parque" e ameaçam os seus usuários
Bastou chover um pouco mais forte e toneladas de terra e pedras despencaram sobre a estrada RJ-163. Na 6a-feira de Carnaval, deslizamentos obrigaram centenas de turistas a passarem a noite na Capelinha e arredores aguardando a liberação de meia-pista da estrada para poderem chegar. Outros tantos desistiram e foram em busca de outros destinos mais acessíveis e menos arriscados. O alargamento da pista para comportar um trânsito que não desejamos vai mostrando os efeitos desastrosos que já prevíamos quando alertávamos que "as consequências vêm depois"... Ainda mais em tempos de caos climático, quando encostas desmoronaram em rodovias muito mais consolidadas, como ocorreu em 22/02/2013 nas vias Anchieta e Imigrantes, com uma vítima fatal nesta última e grandes congestionamentos em ambas as estradas.
Buracos na RJ-163 frustram defensores do DER e exigem reparos constantes 
Apesar da torcida de alguns empresários locais, de que o asfaltamento da RJ-163 tenha sido digno dos mais altos padrões de excelência da engenharia nacional, a qualidade do asfalto aplicado não foi suficiente para nos poupar de verificar que os buracos crescem em número e em extensão, obrigando o DER a fazer reparos frequentes, deixando a pista como uma colcha de retalhos.
Projetos
Nossa Vila, Nossa Vida articula esforços para recuperar a vila de Visconde de Mauá e Lote 10
Neste mês de abril foram realizadas duas reuniões com a presença de um número significativo de moradores e empresários insatisfeitos com a degradação urbanística que assola a Visconde de Mauá - e por tabela o Lote 10 - desde que foram iniciadas as obras do governo estadual que iriam "requalificar" nossa região. Embora tão recentes, os esforços já conseguiram alguns efeitos, ainda que parciais e provisórios.
VIII Salão do Pinhão reúne artistas e os amigos da arte e da região
Mais uma vez a abertura do Salão do Pinhão confirma sua vocação de principal evento cultural da microbacia do alto Rio Preto, promovendo a confraternização das pessoas que sabem que só o desenvolvimento cultural da população poderá impedir que a região sofra o mesmo processo de degradação que condenou antigos paraísos turísticos naturais do Rio à decadência irreversível. O desafio é enorme, mas o Centro Cultural Visconde de Mauá e seus apoiadores não se cansam de criar oportunidades de enriquecimento cultural e de humanização ao redor de nossas próprias características ambientais e tradicionais.
Moradores da região lançarão documentário em DVD e catálogo em homenagem ao mestre seu Jorge Brito  
Jorge Brito é sempre o primeiro morador a ser lembrado quando se trata de arte espontânea, cultura tradicional e das origens da comunidade, com seus causos (reais ou imaginários) e lendas e saberes caipiras. Às vésperas de completar 80 anos, seu Jorge será homenageado com a produção de um filme e de uma publicação que registrarão uma fração da riqueza, criatividade e elegância inesgotáveis desse autêntico mestre popular multimídia.
Proposta ajuda as prefeituras locais a se adequarem à Lei Nacional de Resíduos Sólidos
A comissão ambiental do Centro Cultural Visconde de Mauá está decidido a fazer respeitar o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, instituído pela Lei Federal 12305/2010, que indica as metas na redução do lixo orgânico que as prefeituras da região Sudeste hoje encaminham para os "aterros" e lixões cada vez mais lotados e distantes. Resende, Itatiaia e Bocaina de Minas deverão reduzir em ao menos 15% a parcela de orgânicos que despejam na Natureza (no "aterro" em Bulhões, Resende). Naturalmente, para tanto as prefeituras e o INEA (e seu congênere mineiro) terão que se envolver com a prática da compostagem descentralizada , para atender à Lei e reduzir os custos crescentes com transporte e disposição final do lixo.

Projeto de gestão ecológica do lixo orgânico do CCVM avança em municípios mineiros

Em 22/04, dois integrantes da comissão ambiental do Centro Cultural Visconde de Mauá foram convidados pela equipe técnica da APA Federal da Serra da Mantiqueira a expor técnicas de compostagem urbana e periurbana a estudantes, gestores, consultores e educadores ambientais, em Itamonte, na sede daquela Unidade de Conservação.

Festival do Pinhão 2013 desafia a competência da prefeitura para conter os transtornos

A Festa do Pinhão de 2012 alertou a comunidade para os riscos e impactos representados no projeto de turisficação em massa planejado pelas autoridades para a região. A cada ano maior e mais brutal, na última a concentração de carros em vale tão estreito provocou engarrafamentos, barulho e confusão do cemitério até a ponte do Juca, trouxe blitzen da Lei Seca, e gerou milhares de multas por "excesso de velocidade" (andar a mais de 60km/h na baixada de Penedo custou cerca de R$ 100 reais aos incautos).  

Fatores de degradação
Bueiros da rede de esgotamento sanitário continuam quebrando ao longo das vias
Mal foram instaladas, pelo governo do estado do Rio, as redes de esgoto nas vilas fluminenses da região de Visconde de Mauá, as tampas de visitação começaram a quebrar. Os "responsáveis" alegaram que as tampas quebravam por que eram específicas para calçadas, e não para vias de rolamento de veículos. O que vocês acham dessa desculpa? Nós a consideramos inaceitável, pois o governo jamais deveria ter aceito seu uso no leito da estrada RJ-151 e nas ruas das vilas. Pois bem - elas não foram substituídas e continuam quebrando, e permanecendo quebradas, como se vê nessas fotos recentes.
Poluição sonora nas vilas cresce e espanta
Pena que esta Súmula não seja sonorizada, para podermos dar uma pálida ideia da agressão ambiental que ocorre em vários pontos turísticos da região, principalmente nos fins de semana ensolarados, assustando a fauna, deprimindo a flora, e escandalizando os turistas. Há um ano (maio/2012), na Súmula 020, o assunto foi levantado, mas sem qualquer consequência na esfera do poder público, ator indispensável para educar e/ou coibir quem hostiliza os outros com a sua prepotência automotiva.   
Todo aceso à noite, ex-futuro Centro de Turismo e Artesanato mais parece a nau dos insensatos à deriva
Além do prejuizo paisagístico e o desastre para o turismo local causado pelo elefante branco encardido abandonado no centro da vila de Visconde de Mauá, ele também vem dando despesas que no fim somos nós mesmos que pagamos. Embora o governo economize na manutenção predial - basta ver a ruina em que já se transformou o complexo - não pode deixar de manter todas as luzes acessas por toda a noite, para inibir furtos e depredações. Talvez algum empresário turístico fature trazendo visitantes à vila deserta. às horas mortas da noite, para ver o nosso galeão fantasmagórico, com aquelas luzinhas bruxuleando na neblina.
Veiculos superdimensionados ameaçam a segurança do trânsito e danificam a pavimentação 
Apesar dos vários avisos no acesso à região, está sendo difícil impedir o acesso e a circulação de caminhões e ônibus totalmente desproporcionais para a escala de nossos cenários e de nossas vias de tráfego, estreitas e frágeis.
Vandalismo, furtos e invasões de casas e comércios mais frequentes preocupam moradores

 O aumento da criminalidade é um fenômeno nacional, e não vai ser somente a polícia - nem mesmo "principalmente a polícia" - que vai reduzir esse problema. Será preciso a população se compenetrar de que precisa se organizar para inibir a violência, com todos ajudando a cultivar os jovens de modo a humanizá-los mais e mais, e evitar que muitos se tornem ameaças à comunidade.
Precisamos de um canal transparente e confiável que garanta à comunidade saber o que está acontecendo de fato - e poder reagir. Mas pelo contrário, há até um esforço para ocultar esses problemas, pois muitos pensam que sua divulgação seria "ruim para os negócios".

Textos

Afinal, o que é uma 'estrada-parque'?

'Estrada-parque' será uma mera marca-fantasia para dar um verniz ambientalmente correto aos vetores viários e econômicos que promovem a inexorável degradação da Natureza? Diante desse perigo, o biólogo e doutor em ecologia João Madeira, do ICMBio, resume neste artigo o conceito técnico de estrada-parque, e alerta para a propaganda enganosa muitas vezes disfarçada atrás dessa simpática expressão, como está acontecendo na tentativa de reabrir ao tráfego uma estrada que cortava ao meio o Parque Nacional do Iguaçu.  
Governança ambiental e instituições no desenvolvimento sustentável - o caso de Vusconde de Mauá
Tese de doutoramento de Sérgio Wright Maia recentemente aprovada no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento, do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Consórcios intermunicipais são indispensáveis na busca da sustentabilidade regional.
Existem no Brasil, hoje, mais de 70 consórcios públicos formados por municípios, que agregam, também, organizações não governamentais, entidades da sociedade civil e até empresas privadas, conforme a necessidade e a finalidade da associação. No dia 29/01 três prefeitos relataram suas experiências exitosas aos demais prefeitos reunidos em Brasília para o seu II Encontro Nacional. Todos se referiram à importância dos consórcios para enfrentarem problemas como a gestão do lixo.
Lista Amigos de Mauá
Estamos reformulando a nossa Lista de modo a torná-la mais informativa e só incluir quem queira que o seu nome seja divulgado. Por isso solicitamos (a quem ainda não o fez) a gentileza de preencher este formulário para participar de nosso grupo e gozar das prerrogativas garantidas a todos os Amigos de Mauá. .

Súmulas anteriores: 001 - 002 - 003 - 004 - 005 - 006 - 007 - 008 - 009 - 010 - 011 - 012 - 013 - 014 - 015 - 016 - 017 - 018 - 019 - 020 - 021 - 022 - 023 - 024