Amigos de Mauá

M I N U T A

Súmula n# 021


www.amigosdemaua.net - 14 de junho de 2012
Envie seu comentário sobre qualquer tema abaixo para amigosdemaua.net@gmail.com , que será publicado

Turismo Sustentável
Publicação revela como um Parque se torna uma atração turística sustentável

Após a criação, em nossa região, do Parque Estadual da Pedra Selada, é preciso que ele tenha uma gestão à altura. Esta publicação detalha todos os aspectos e variadas funções que um parque bem administrado e orientado pelos princípios da permacultura, deve oferecer, com reflexos positivos na comunidade ao redor.

Texto oficial sobre "ecoturismo em Visconde de Mauá" é uma vergonha

Estimular irresponsavelmente a visitação massiva a uma microbacia apertada entre montanhas escarpadas, e concentrar centenas de pessoas em alguns metros quadrados ao redor de poucas e pequenas quedas d'água não tem nada a ver com ecoturismo. O conceito de ecoturismo não foi criado para ser um rótulo enganoso a serviço do marketing da exploração turística da natureza. Ecoturismo é uma modalidade definida e reconhecida - inclusive pelo governo federal - como algo bem diferente do que o governo do estado do Rio enganosamente promove, e que o portal da MAUATUR, 'distraidamente', redistribui para os moradores e visitantes.

Pavimentação das rodovias RJ-163 e RJ-151
Juiz reconhece inviabilidade do perito equivocadamente indicado
Após algumas semanas de suspense - irá o juiz consagrar ou não o insustentável? -, prevaleceu o bom-senso e as boas normas jurídicas, e o engenheiro agrônomo e florestal - apesar de toda a sua indiscutível formação técnica - teve cancelada a sua indicação para perito no processo que julga a Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público para apurar "possíveis danos de grande monta e irreparáveis" na execução das obras da RI-151 e 163.
A Mauatur sempre planejando interferir, e agora com recursos do Sebrae
A Mauatur convidou seus associados e os moradores desavisados a irem no dia 15 de junho à porta do Fórum para influenciar o juiz a julgar não segundo os autos, mas segundo os interesses de um setor da população que desconhece os impactos de ter uma rodovia padrão DER passando a poucos metros de suas casas e negócios. Em seu convite eletrônico, que usou recursos do Sebrae, a Mauatur ainda cometeu a deselegância e a irresponsabilidade de creditar a "alguns moradores" a paralisação da obra enquanto se apuram as ilegalidades, quando na verdade a razão tem sido as próprias irregularidades e insuficiências ocorridas, que aliás sempre contaram com a leniência da Mauatur, como é notório (basta ler as Súmulas desde o número 001). 
Prefeito Rechuan é contra cobrança de pedágio na RJ-163

Numa atitude que bem traduz a falta de planejamento com que foi decidida e executada a obra de pavimentação e facilitação do acesso à região, agora é o prefeito quem diverge do aparente consenso de se cobrar um pedágio que reduza a pressão dos visitantes sobre o nosso frágil ambiente, que promete crescer de modo arrasador nos próximos anos e décadas se não for contida. E agora? Na verdade, o prefeito não é contra a priori, mas quer ver todos os detalhes da proposta antes de garantir seu apoio. Nós também...

DER aumenta o limite de peso dos caminhões em meros 40%
Apenas .. dias depois de ter baixado ... o DER volta a se comunicar com a população para informar que, diante dos argumentos econômicos dos clientes dos caminhõies que transitam na estrada, o limite máximo do peso dos caminhões (por questões de segurança) subiu de 17 para 23 toneladas. Não se sabe onde os engenheiros do DER estavam com a cabeça ao impor antes um limite tão baixo ou ao aumentá-lo agora, tão drasticamente. De um jeito ou de outro, o órgão vai se desmoralizando pateticamente. E ainda tem aquelas placas escritas errado ao longo do caminho, assustando quem passa com tamanha ignorância e negligência.  
Projetos
III Semana da APA aborda aspectos inevitáveis do desenvolvimento sustentável
O Centro Cultural Visconde de Mauá dedicou a terceira edição da Semana da APA à discussão do tema que predominará na Rio+20: a sustentabilidade, apenas focando especificamente em nossa região. Pudemos ouvir as considerações e propostas de Everton Carvalho (ABIDES), Gilberto Mascarenhas (Ministério da Agricultura), Norma Bühler (Hotel Bühler), Lino Matheus (pró-Fundação Mantiqueira) e Joaquim Moura (CCVM). Também foram convidadas Paola Tenchini (Sebrae), envolvida na elaboração do Planejamento Estratégico para a região, e Maria Cristina  Tiná de Almeida (IBAM), que não puderam comparecer. 
Governo cria o Parque Estadual da Pedra Selada
No dia 15 de junho de 2012, o governador Sérgio Cabral assinou o decreto ...., criando mais uma unidade de conservação em nossa região, que certamente se consituirá em um tesouro para as gerações futuras que vivam aqui ou frequentem a região.. Agora, é saber dos detalhes da gestão prevista e cobrar a implementação do Parque e a solução dos eventuais conflitos fundiários. A comunicação da SEA/INEA continua insuficiente, e agora levou o governador a assinar um decreto que traz, no primeiro parágrafo do "Memorial Descritivo", anexo ao Decreto, que detalha a localização do Parque, um erro clamoroso - que não se entende que tenha passado pelas mãos de tantas pessoas (geógrafos inclusive, que conhecem bem a região) antes de chegar à mesa do Sérgio Cabral.
Exposição "Papel das Vilas" representou nossa região na Rio+20 
A exposição que agora reúne obras de ,.. artistas usando como base o papel botânico artesanal produzido pela MR.Papel (Maringá-RJ), depois de brilhar em Visconde de Mauá, Rio de Janeiro, Barra Mansa, Montes Claros... , ocupou um espaço na Cúpula dos Povos, na Marina da Glória, durante a Rio+20 e recebeu a visita de milhares de pessoas que se sensibilizaram com a mensagem ambiental e cultural implícita nas peças. A iniciativa foi possível graças à parceria do Centro Cultural Visconde de Mauá com a Associação Brasileira de Integração e Desenvolvimento Sustentáve- - ABIDES.
Mauatur e Sebrae lançam folheto para a população receber melhor os turistas
A ideia é boa, e o texto traz boas ideias, mas algumas frases provocaram riso ou espanto. A produção gráfica, de tão inexpressiva, não corresponde às propostas por "mais qualidade em tudo", que o texto transmite. Com tantos redatores, fotógrafos, diagramadores e ilustradores vivendo aqui, não se entende a razão de o Sebrae não ter recorrido a eles para produzir um impresso com o mesmo propósito porém muito melhor. Usar desenhos de clip-art e da Disney como ilustrações vai contra tudo que o Sebrae planeja para a região, em termos de valorização da cultura local etc.... Não adianta fazer Plano Estratégico se as ações forem executadas de modo tão lambão. Tudo por que a Mauatur e o Sebrae insistem em não recorrer aos recursos humanos locais, que garantiriam a excelência e a cor local necessárias.
Fatores de degradação
Adivinha quem vem para desfrutar de nossa região
Ninguém duvidava que a facilitação do acesso à região traria, junto com os inúmeros novos visitantes e moradores, outros fenômenos típícos das grandes cidades fluminenses. Essas fotos são só um primeiro aviso,.  
Textos
 

 
.
Lista Amigos de Mauá
Estamos reformulando a nossa Lista de modo a torná-la mais informativa e só incluir quem queira que o seu nome seja divulgado. Por isso solicitamos (a quem ainda não o fez) a gentileza de preencher este formulário para participar de nosso grupo e gozar das prerrogativas garantidas a todos os Amigos de Mauá. .

Súmulas anteriores: 001 - 002 - 003 - 004 - 005 - 006 - 007 - 008 - 009 - 010 - 011 - 012 - 013 - 014 - 015 - 016 - 017 - 018 - 019 - 020