Há 18 anos, análise da qualidade da água do Rio Preto e afluentes já apontava a poluição exorbitante em alguns pontos

Resultado do exame da qualidade das águas do Rio Preto, colhidas em 20 pontos da microbacia em 27 de agosto de 1992, para comparações com os resultados obtidos depois da entrada em operação das ETEs previstas e ora em construção (ver fotos

Escala 1:25000
Veja aqui o mapa original da época   

As contagens de coliformes totais e de coliformes fecais referem-se à quantidade verificada em 100 ml da água analisada, classificada conforme a Resolução  CONAMA n# 20 , de 18/06/1986, principalmente em seu artigo 26, que resumimos abaixo, quanto à balneabilidade (contato humano direto - natação, mergulho, esqui aquático etc.):
Classificação Coliformes totais Coliformes fecais
Excelente até 1.250 até 250
Boa até 2.500 até 500
Satisfatória até 5.000 até 1.000
Imprópria acima de 5.000 acima de 1.000