Amigos de Mauá

 

ASSOMAR divulga abaixo-assinado de 2006 como se fosse recente, e induz leitores a erro de julgamento

 

ASSOMAR divulga abaixo-assinado de 2006 como se fosse recente, e induz leitores a erro de julgamento

Do jeito que foi divulgado pela ASSOMAR (ver aqui), este abaixo-assinado pode parecer ser a pá-de-cal na polêmica sobre o uso de asfalto ou bloquetes no trecho da RJ-151 entre as vilas de Visconde de Mauá, Maringá e Maromba, pois indicaria que até as ONGs identificadas como "ambientalistas" haviam apoiado o "asfaltamento imediato", ou seja, agora , da RJ-151.

Ledo engano; o blog daquela entidade usou uma petição elaborada em uma época distante (antes do governo Cabral/Pezão e de sua decisão de asfaltar "tudo") - um contexto muito diferente do atual.

Este abaixo-assinado (preparado no final de 2006 e só entregue em 2007, após reunir mais de 5 mil assinaturas) solicitava que a RJ-151 fosse pavimentada antes que a RJ-163, pois temia-se que o governo (ainda na gestão Rosinha Garotinho) não tivesse recursos para asfaltar ambas as vias. Por isso todas as associações locais, inclusive as voltadas para as questões socioambientais, participaram da coleta de assinaturas e assumiram o documento.

Diante da necessidade emergencial de iniciar o processo de melhoria da nossa circulação interna, considerada à época como mais prioritária do que a pavimentação do acesso, a discussão sobre o tipo de piso ideal nem foi colocada, acreditando-se que haveria uma hora certa para definir detalhes como os materiais e métodos construtivos das pontes e onde o asfalto seria o ideal e onde outro tipo de pavimento seria mais interessante para os turistas, os transeuntes, e o meio ambiente.  

O fato é que bloquetes estão sendo exigidos em outras estradas-parques brasileiras, inclusive no estado do Rio (alô, DER-RJ), e não temos por que aceitar uma decisão que pode ter impactos deletérios, empobrecedores e banalizantes para a região, sem que haja antes uma discussão técnica à altura de sua importância.

Por fim, amigosdemaua.net agradece à ASSOMAR por ter usado uma foto produzida por seu editor, mesmo sem lhe comunicar ou pedir autorização, nem dar o devido crédito. A largueza do gesto foi interpretada como um sinal de aproximação. OBS.: além de documentar fotograficamente a campanha pelas 5 mil assinaturas, nosso editor participou de sua realização, e pode garantir que os detalhes do projeto da RJ-151 não foram discutidos à época, quando aliás não havia essa divisão entre "desenvolvimentistas" e "ambientalistas" artificiosamente criada em nossa região.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013
MANIFESTO SOBRE AS OBRAS DE ASFALTAMENTO DA ESTRADA RJ-151
Visconde de Mauá

A estrada de ligação entre as vilas e vales da região sempre foi um dos maiores problemas de Visconde de Mauá, cansados de tanto descaso e abandono alguns moradores resolveram se mobilizar e ir a luta por uma estrada asfaltada, sinalizada e segura e resolveram fazer um grande abaixo assinado pedindo o asfaltamento da estrada RJ-151, e assim foi feito uma carta aberta com ampla divulgação para todos os moradores e visitantes da região de Visconde de Mauá, pedindo a mobilização e empenho de todos para a coleta de assinaturas para o abaixo assinado pedindo o asfaltamento de nossa estrada. E com grande adesão da maioria absoluta de moradores e comerciantes foram coletadas cinco mil e quinhetas assinaturas pedindo o asfaltamento da RJ-151 no trecho entre Maromba e Ponte dos Cachorros.

A CARTA ABERTA AOS MORADORES E VISITANTES FEITA NA ÉPOCA
TINHA O SEGUINTE TEXTO:

CARTA ABERTA AOS MORADORES E VISITANTES
DA NOSSA REGIÃO


Temos sofrido esses anos todos com as péssimas condições da nossa estrada de circulação interna a RJ-151. Entre Maromba, Maringá, Visconde de Mauá e a Ponte dos Cachorros, nossas viagens tem sido um sofrimento. Além de cansaço e tensão em meio á lama ou poeira da estrada esburaca, várias vezes não conseguimos chegar ao nosso destino. Com frequência encontramos carros e ônibus quebrados na estrada com os passageiros a pé.

Mesmo nos menores deslocamentos que fazemos, seja do Lote-10 á Vila de Visconde de Mauá ou da Maromba a Maringá, por exemplo, pensamos várias vezes antes de sair de casa. Nas viagens maiores entre ponte dos Cachorros e Visconde de Mauá ou entre Maringá e Visconde de Mauá, por exemplo, simplesmente vamos adiando estas deslocamentos até quando eles se tornam emergências inadiáveis. Com esta situação temos nossa vida pessoal, social e econômica continuadamente prejudicada, pois também nossos visitantes não se deslocam pela nossa região.

Como por exemplo, podemos pensar no deslocamento de um visitante próximo à ponte dos Cachorros que pensa ir a Maringá ou de outro na Maromba que quer ir a Visconde de Mauá. Quando eles ficam sabendo que vão demorar mais de 1 hora e meia na buraqueira perigosa de ida e volta, simplesmente não saem de suas pousadas, deixam de gastar na Região e de beneficiar a todos.

Nossas vilas hoje são ilhas separadas por oceanos de buracos, pedras, lama ou poeira.
Estamos cansados desta situação e de esperar pela ação das autoridades. Depende de nós, da nossa atuação e da nossa união o Asfaltamento da nossa estrada que usamos todos os dias do ano.
Vamos todos assinar o abaixo-assina que pede ao Governador do Estado o Asfaltamento dos 14Km entre a Vila da Maromba (Km 0) e a Ponte dos Cachorros (Km 14).

VAMOS AGIR!

* MAUATUR - Associação Turística e Comercias de Visconde de Mauá
* ACVM - Associação Comercial da Vila de Visconde de Mauá
* AMA 10 - Associação de Moradores e Amigos do Lote 10
* CCVM - Centro Cultural Visconde de Mauá
* Associação Pro - Bem -Viver Visconde de Mauá
* IDEAS - Inst. P/ o Desenvolvimento Ambiental e Social da Região de Visconde de Mauá
* Associação Nova Terra
* CEMARP - Centro de Estudos da Micro Bacia do Alto Rio Preto

* Entidades e Associações que assinaram a carta aberta na época

E foram longos anos de muita espera, paciência, esforço, perdas, decepções, pedidos, muitas reuniões com deputados, prefeitos, secretários, vice governador, governador, manifestações na estrada no Palácio Guanabara, visitas ao DER no Rio de Janeiro e muita lama, atoleiros, quedas de barreiras e isolamentos. Para hoje chegarmos até aqui e ainda continuarmos lutando por nossos direitos de cidadãos que pagam seus impostos e exigir e cobrar uma estrada segura, asfaltada, sinalizada para que as vilas e vales de nossa região não fiquem como ilhas isoladas entre buracos, barreiras de lamas e pedras. A estrada asfaltada irá encurtar estas distancias entre as vilas e fazer uma verdadeira integração de nossa região turística de Visconde de Mauá.



*********** MANIFESTO ***********

Visconde de Mauá ,07 de Janeiro de 2013

Ao Exmo Sr Governador do Estado do Rio de Janeiro - Sergio Cabral

Cc: Sr Luis Fernando Pezão - Vice Governador
Cc: Sr Hudson Braga - Secretario de Obras
Cc: Sr Carlos Minc - Secretario do Meio Ambiente
Cc: Sr Henrique Ribeiro - Presidente do DER

As Associações representativas da comunidade da região de Visconde de Mauá abaixo subscritas vem por meio desde manifesto, agradecer e reiterar o pleno apoio ao asfaltamento da RJ -151 que vem de encontro a nossa solicitação contida no abaixo assinado de 5.500 assinaturas (de moradores) encaminhada a Vossa Excelência anteriormente solicitando o asfaltamento desta estrada (copia anexa).

Queremos também agradecer e declarar o pleno apoio para a criação do pórtico da Capelinha na RJ - 163 com o controle de acesso e de cargas para nossa região, bem como da construção das estações de tratamento de esgotos e de outras medidas compensatórias para nossa comunidade, além de ressaltar nossa imensa gratidão com o asfaltamento da RJ - 163 ( Estrada - Parque ), que trouxe inúmeras melhorias no acesso a nossa região principalmente quanto a segurança dos usuários da via durante o trajeto.

Aproveitamos o ensejo para manifestar nosso repúdio a estratégia de um pequeno grupo não representativo de pessoas, que não satisfeitas em tentar judicialmente embargar essas obras, tão esperadas por nossa comunidade, vem agora em nova tentativa desesperada e somente com objetivos protelatórios, apresentar abaixo assinados virtuais ( com maioria absoluta de assinaturas de pessoas que nem moram aqui ), sem nenhum embasamento técnico, pleiteando bloquetes, " baba de cupim " etc. Esse pequeno grupo não tem apoio de nenhuma associação representativa de Visconde de Mauá muito menos da maioria absoluta dos moradores da região. Lembramos que esse é o mesmo grupo que fez a campanha " asfalto não faz falta " durante o asfaltamento da RJ - 163 e também divulgam nossa estrada como " Estraga - Parque " pois sempre foram contra qualquer tipo de pavimentação nas estradas de Visconde de Mauá e que recentemente esse mesmo grupo fez várias denúncias ao ministério público que culminaram com a ação de embargo das obras da RJ -151 por 8 meses e agora utilizam dessa nova estratégia para novamente atrasar as obras que tanto precisamos.

Lembramos também que o Exmo Sr juiz Marvin Ramos Moreira recebeu pessoalmente nossas associações representativas de Visconde de Mauá durante uma audiência, onde relatamos os inúmeros prejuízos acarretados para a nossa comunidade com a paralisação das obras e entregamos cópia desse mesmo abaixo assinado de 5.500 assinaturas solicitando o asfaltamento da RJ - 151 para ser anexado ao processo. Ressaltamos que após esse encontro o juiz liberou a continuidade das obras considerando que a paralisação das obras da RJ -151 durante 8 meses foram muito mais prejudiciais a comunidade de Visconde de Mauá do que qualquer dano ambiental sofrido.
Ou seja, após conseguirem o protelamento das obras de forma judicial agora tentam um novo protelamento político via " Equipe de Educação Ambiental " ( INEA ) expressando uma falsa unanimidade por bloquetes na nossa região, devemos portanto avisá-los para que aguardem as próximas reivindicações desse pequeno grupo, pois a próxima já anunciada por eles aqui na região será um pedido de pavimentação utilizando " baba de cupim ".

Finalmente, considerando todos esses anos de espera e todos os argumentos acima, solicitamos encarecidamente a todas as autoridades envolvidas diretamente que mantenham o cronograma atual das obras na RJ -151 que inclusive já estão licitadas e em execução, pois a maioria absoluta dos moradores da região de Visconde de Mauá não suporta mais protelamentos para a execução dessa obra.

Assinam este manifesto as seguintes associações da região de Visconde de Mauá

ASSOMAR ( Associação de Moradores e Amigos de Maringá, Maromba, Vales do Pavão e Cruzes )

ACVM ( Associação Comercial de Visconde de Mauá )

AMA MAUÁ ( Associação de Moradores e Amigos de Visconde de Mauá )

MAUATUR ( Associação Comercial e Turística da Região de Visconde de Mauá )

Acesse o arquivo original em: http://assomaritatiaia.blogspot.com.br/2013/01/manifesto-sobre-as-obras-na-estrada-rj.html